Salmos – 136

1
Às margens dos rios de Babilônia, nos assentávamos chorando, lembrando-nos de Sião.
Criar imagem
2
Nos salgueiros daquela terra, pendurávamos, então, as nossas harpas,
Criar imagem
3
porque aqueles que nos tinham deportado pediam-nos um cântico. Nossos opressores exigiam de nós um hino de alegria: Cantai-nos um dos cânticos de Sião.
Criar imagem
4
Como poderíamos nós cantar um cântico do Senhor em terra estranha?
Criar imagem
5
Se eu me esquecer de ti, ó Jerusalém, que minha mão direita se paralise!
Criar imagem
6
Que minha língua se me apegue ao paladar, se eu não me lembrar de ti, se não puser Jerusalém acima de todas as minhas alegrias.
Criar imagem
7
Contra os filhos de Edom, lembrai-vos, Senhor, do dia da queda de Jerusalém, quando eles gritavam: Arrasai-a, arrasai-a até os seus alicerces!
Criar imagem
8
Ó filha de Babilônia, a devastadora, feliz aquele que te retribuir o mal que nos fizeste!
Criar imagem
9
Feliz aquele que se apoderar de teus filhinhos, para os esmagar contra o rochedo!
Criar imagem
Frase em destaque de hoje
15 de setembro de 2021
Com uma tal falta de gente coexistível, como há hoje, que pode um homem de sensibilidade fazer senão inventar os seus amigos, ou quando menos, os seus companheiros de espírito?
Fernando Pessoa
Advent Pro
Aclonica
Alegreya SC
Boogaloo
Caveat
Kaushan Script
Alata
Lobster
Dancing Script
Parisienne
Shadows Into Light Two
Mansalva
  • Cadastrar

Fazer cadastro

Perdeu sua senha? Digite seu nome de usuário ou endereço de email. Você receberá um link para criar uma nova senha por e-mail.